Os próximos dias serão fundamentais para mais
de 100 mil trabalhadores gaúchos. Entre os dias 25 e 27 de maio será realizada
em Gramado a XXIV edição do SICC – Salão Internacional do Couro e do Calçado. A
feira será um dos fatores responsáveis por garantir as vendas da indústria
calçadista brasileira das coleções de primavera e verão, e consequentemente, os
pedidos que irão abastecer as esteiras e garantir empregos no início do segundo
semestre.

A indústria de calçados é intensiva no uso de
mão de obra. Em todo país, mais de 330 mil pessoas trabalham em 8 mil fábricas,
o que representa 3,6% da força de trabalho da indústria nacional. “Teremos na
feira empresas que representam 84% dos calçados e acessórios produzidos no
Brasil. Isso reforça a importância das vendas realizadas durante o evento como
garantia da produtividade do setor”, ressalta o diretor da Merkator, promotora
do evento, Frederico Pletsch.

Apenas no Rio Grande do Sul são 102.300 mil
empregos. A importância do setor para o estado é ainda mais significativa do
que o contexto nacional. Cerca de 14% de todos os trabalhadores gaúchos estão
dentro das fábricas de calçados e acessórios. “O Rio Grande do Sul é um cluster
calçadista, e a renda gerada pelo setor no estado é fundamental para o
desenvolvimento local. Esperamos que a feira seja um sucesso de vendas, marcando
uma virada em um ano que começou complicado”, afirma Pletsch.