A Central de Artesanato do Ceará (Ceart) está presente no
Dragão Fashion Brasil (DFB), que acontece no Terminal Marítimo de Passageiros
do Porto de Fortaleza, com funcionamento entre esta quinta-feira (7) e domingo
(10). Cerca de sete mil pessoas que circulam diariamente no evento tem acesso a
um dos artesanatos mais ricos do Brasil. A ação é do Gabinete da Primeira-Dama
do Estado em parceria com a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
(STDS) e tem o objetivo de fomentar o setor artesanal.

 

O
cliente encontra na loja mais de 700 produtos do legítimo artesanato cearense –
com peças com preços a partir de R$ 5,50 –, elaborados com areia colorida,
argila, madeira, fibra vegetal, couro, pedra, metal e fios e tecidos. Estarão
presentes na loja produtos de artesãos ou associações como Espedito Seleiro
(couro), Associação Mestre Noza (arte popular), Zé Lourenço (xilogravura),
Conceição Viana (couro de tilápia), Francisco Muniz (cerâmica), Flavio de
Mesquita (sementes e cascas), entre outros. “É uma grande
oportunidade de divulgar o nosso artesanato em um dos maiores eventos de moda
autoral do Brasil”, ressaltou a primeira-dama do Estado, Onélia Maria
Leite de Santana. 

 

A
artesã profissional há 15 anos, Aline Rodrigues Alves (45), de Fortaleza, está na loja confeccionando produtos de croché, com bordados, composição em
retalhos, entre outros. Aline já ministrou cursos para Ceart, Prefeitura de
Fortaleza, Instituto Chico Mendes, empresas, além de estilistas e designers e
tem se destacado principalmente no segmento da moda tanto no Brasil como no
mundo.