A história de
uma década do atelier A Modista, que
fica Alameda Tietê, 565, no bairro paulistano dos Jardins, em São Paulo,
 foi construída ao longo de um percurso
pontilhado por momentos especiais até se consolidar no universo dos casamentos.

 

 Gisele Dias  iniciou  com uma loja-atelier onde além da marca própria abrigava
seletos designers da moda brasileira. Com uma curadoria extremamente voltada às
artes manuais perdidas no tempo e a uma linguagem inusitada e cheia de personalidade,
aos poucos viu crescer a demanda da marca a qual foi ganhando prestigio
entre quem busca design e originalidade no vestir.

 

“Tínhamos uma
clientela variada, que vinha inclusive de outros estados, fãs do mix
de vestidos conceituais que oferecíamos na época”, lembra Gisele. No meio deste
caminho, os pedidos para que estas criações se desdobrassem em vestidos de
noivas foi bastante natural.  Há um ano,  dedica-se
exclusivamente a esse ofício. “Foi uma opção que fizemos para melhor nos
dedicarmos a demanda deste público”, declara Gisele Dias. diretora criativa do atelier.  

 

 A estilista faz neste mês de maio,
um sorteio, onde as noivas que comprarem seus vestidos de valor igual ou
superior a R$7.000,00, serão presenteadas com um amuleto de ouro branco “Arroz
Agulhinha”’ by Antonio Bernardo. Somente os 15 primeiros casais serão
sorteados. Serão ainda sorteados três jantares no restaurante Fasano (SP) e uma
noite “Love by Fasano” O sorteio acontece no dia 31 de maio de 2015